DCM FFCLRP USP
Área de atuação
Onde pode atuar o profissional de Informática Biomédica


O Profissional

O profissional em Informática Biomédica é capaz de analisar, projetar e implementar soluções computacionais aplicadas às ciências da vida, especialmente Medicina e Biologia. O egresso atua no estabelecimento da comunicação apropriada entre as áreas de biociências e computação, de forma a permitir a compreensão dos problemas apresentados por profissionais da saúde, visando sua modelagem computacional.


Para tanto, o profissional em Informática Biomédica deve compreender conceitos e processos das Biociências e das Ciências da Computação para desenvolver sistemas computacionais de análise de dados e de apoio à decisão no âmbito dos sistemas e processos de biociências, o que requer domínio deste profissional em diferentes linguagens e paradigmas de programação. O egresso também é capaz de diagnosticar problemas e necessidades dos profissionais da área da saúde, propondo soluções computacionais que atendam aos problemas em biociências que envolvam projeto e análise de algoritmos, engenharia de software, bancos de dados, redes de computadores e inteligência artificial. Também atua junto à organização e aperfeiçoamento do sistema de saúde, por meio de recursos das tecnologias da informação e comunicação, nos diferentes níveis de atendimento.

O informata biomédico é um profissional que vem suprir um conjunto de necessidades relevantes, participando ativamente na produção de sistemas informatizados com alto nível de complexidade, aplicados à otimização dos protocolos e processos que caracterizam as peculiaridades dos ambientes de pesquisa, desenvolvimento e aplicação das biociências.


Área

A área de Informática Biomédica é responsável pela pesquisa e desenvolvimento de sistemas computacionais voltados às aplicações em biociências. Esta área atende uma demanda crescente do mercado relacionado à informatização da área de biociências, correspondente a um amplo espectro de atividades, que inclui desde a participação ativa em pesquisa médica e biológica, até atividades em empresas farmacêuticas, de biotecnologia, de equipamentos médicos, em hospitais, laboratórios de diagnóstico, bem como em vários setores de gerenciamento e execução de políticas públicas de saúde.



A profissão

A partir da formação híbrida e sólida em Ciências da Computação e Biociências, o egresso atua em hospitais, centros médicos, órgãos públicos, centros de pesquisa relacionados às biociências e empresas privadas cujo mercado de atuação seja o desenvolvimento de sistemas de informação em saúde. Sua atuação compreende atividades tais como planejamento, análise, projeto, implementação e manutenção de sistemas computacionais em saúde, de acordo com normas nacionais e internacionais e os padrões da ética profissional. Também atua no gerenciamento de equipes de desenvolvimento de software, relacionando-se e comunicando-se com clareza com membros de equipes multiprofissionais (médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, nutricionistas, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais, farmacêuticos, dentistas, dentre outros profissionais de saúde).




Departamento de Computação e Matemática - Av. Bandeirantes, 3900 - Monte Alegre - Ribeirão Preto - SP - CEP: 14040-901
Fone: (16) 3315 0429 - Fax: (16) 3315 0407 ©Copyright 2016 - DCM - FFCLRP - USP